Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

17 de outubro, Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza

Mäyjo, 17.10.17
Vivemos, ainda hoje, num Mundo onde mais de mil milhões de pessoas (uma em cada sete) passam fome e 200 milhões sobrevivem sem emprego.
 
O compromisso mundial assumido em 2000 - de erradicação da Pobreza Extrema em 15 anos através do cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) - chegou ao fim e, no entanto, apenas alguns objetivos foram atingidos. Há ainda muitas pessoas – uma que fosse, seria demais – a viver abaixo do limiar da pobreza.

No entanto, somos a primeira geração da história da humanidade com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade.

No dia 17 de outubro comemora-se o Dia Mundial para a Erradicação da Pobreza. Este é um dia em que não podemos ficar indiferentes, é um dia que representa uma excelente oportunidade para informar e sensibilizar crianças, jovens e adultos para a dura realidade da pobreza extrema e para a necessidade urgente de atuar no sentido da erradicação da mesma.

Fica assim o convite para que, neste dia, organizem-se iniciativas individuais ou em conjunto como: "um minuto de silêncio" e/ou "um cordão humano", e seja lido o "Manifesto contra a Pobreza".

No dia 17 de outubro, poderão ser partilhadas fotos e/ou vídeos das ações realizadas através do Facebook, colocando na legenda as hashtags #pobrezazero #comecaemti. Podem também enviar-nos por email para que sejam publicadas por nós! Esta é uma forma de mostrar o nosso compromisso, em solidariedade com todos aqueles que acreditam num mundo em que a pobreza e a fome podem e têm que acabar.

Porque acreditamos que pequenos gestos e ações podem transformar-se em grandes concretizações, vamos mostrar que não somos indiferentes e exigimos mudança ... Porque somos a primeira geração com os meios para poder acabar com a pobreza e a desigualdade!